Empreendedorismo e Beleza
Empreendedorismo e Beleza
Posted by

Empreendedorismo e Beleza

Há alguns anos, tenho percebido o grande interesse por parte de diferentes pessoas em ingressar na área de beleza. O que temos visto na última década é um crescimento alucinado dessa área em todo o mundo. Se por um lado, existe uma preocupação crescente com a aparência imposta pelos canais de comunicação, chamada de a “Ditadura da Beleza” pela maioria das pessoas, de outro lado, existem empreendedores atentos com essas tendências.

Estudando detalhadamente a Pirâmide de Abraham Maslow, que dispôs as necessidades do ser humano em uma pirâmide e que classificou a necessidade da beleza e do bem-estar no nível da estima, acredito que essa classificação já pode ser considerada como uma necessidade básica, porque simplesmente estar bela (ou belo) é sobreviver em meio às exigências da sociedade.

Há cinco anos, ministro matérias da área de Administração no curso de Estética e Cosmética na Universidade Estácio de Sá, no Rio de Janeiro. Para minha surpresa, tem passado pelo curso o mais seleto público: além das esteticistas e cabeleireiros, tenho recebido alunos da área de contabilidade, arquitetura, engenharia, fisioterapia e economia, que vislumbram a abertura de um negócio na área de beleza.

Esse fato está se tornando comum, pois esses empreendedores em potencial têm percebido o crescimento desse negócio de uma forma vertiginosa, assim como o sucesso que todos os envolvidos (empreendedores e profissionais) têm alcançado nesse tipo de empreendimento. Muitos estabelecimentos têm se lançado no mercado e muitos fecham as portas antes de completar dois anos de existência.

O empreendedor, para alcançar sucesso no negócio que quer abraçar, necessita ter algumas habilidades e seguir algumas regras básicas. Aqui vão algumas dicas para quem quer abrir um negócio na área de beleza e também um alerta para quem já está no mercado:

  • O empreendedor que vai abrir qualquer negócio precisa entender muito desse negócio – pesquise o mercado, conheça os concorrentes e serviços que eles oferecem e os que podem ser oferecidos.
  • Localização – quanto mais concorrentes, melhor. Você vai pegar uma fatia do mercado. Seus clientes serão aqueles que possuem alguma insatisfação com o local que frequentam. Eis a sua primeira chance de ser diferente.
  • Conforto – a sua empresa tem de ser aconchegante. O conforto e praticidade são indispensáveis.
  • Qualidade – produtos profissionais, móveis e equipamentos de última geração – “caro é aquilo que não vale”.
  • Estabeleça as normas da empresa – no momento em que estiver iniciando a legalização da empresa, estabeleça todas as normas da empresa nas áreas: administrativa, financeira, atendimento, técnico e operacional. Assim, você não correrá o risco de ter de permitir vários pesos e várias medidas dentro da empresa.
  • Gostar da área e de gente – prestar serviços diretamente a pessoas com uma particularidade tão séria – a autoestima, realização de desejos e sonhos – tem de gostar do que faz e tem de gostar de gente.
  • Ter visão de futuro – o futuro já chegou, portanto, não olhe para trás. Chega primeiro quem sai na frente. Pare de correr atrás.
  • Seja inovador – pessoas gostam de usar novidades e o empreendedor tem de estar pronto a oferecê-las.
  • Conhecimento técnico – você quer apenas administrar o negócio, mas não o fará bem se não tiver o mínimo de conhecimento técnico do seu negócio. Saiba como funciona tudo na sua empresa.
  • Gestão de Pessoas – acredite na capacidade do ser humano. Ofereça treinamento e estabeleça, desde o início, a forma de relacionamento – entreviste, aplique testes teóricos e práticos, treine e informe a forma de contratação, bem como o salário. O primeiro contato deixa marcas eternas.
  • Liderança – para ser líder é preciso dar exemplos. Um líder tem seguidores que procuram se espelhar nele. Seja pontual e cumpra o que prometer. Envolva-se com a sua equipe e energize-a.
  • Humildade – admita quando não souber algo. A maior virtude de um líder é reconhecer seus erros e sua falta de conhecimento em um determinado assunto. A virtude se amplia se o empreendedor buscar imediatamente o conhecimento, seja com os seus subordinados ou não.
  • Atendimento – deve ser a principal preocupação de um empreendedor. O negócio só existe se houver clientes satisfeitos com a empresa. Não poupe esforços para elaborar novas formas de encantar o cliente. A rotina é cansativa. Quem oferece algo a mais será sempre lembrado. Pense em ser diferente. Como gostaria de ser lembrado?

Essas são algumas dicas para se obter sucesso em um empreendimento. No entanto, a preocupação tem de ser redobrada, pois o cliente está envolvido diretamente no processo da prestação de serviços. O foco tem de ser na sua satisfação. O cliente da sua empresa tem de sair com a sensação de que obteve mais do que ele foi procurar. Essa não é uma tarefa fácil, mas é possível.

Enquanto existir pessoas que se sentem melhor quando têm sua aparência modificada, seja por meio de serviços ou produtos cosméticos, os empreendimentos na área de beleza continuarão a surgir. O negócio poderá ter sucesso se bem administrado. E para que o empreendedor possa administrar bem uma empresa nessa área é preciso que a sua preocupação principal seja a satisfação do cliente.

Na próxima edição, não perca: como realizar uma pesquisa de mercado e avaliar os resultados.

Lourdes Reis é graduada em Administração de Empresas, atua há 14 anos na área de Gestão de Salões, prestando Consultoria Empresarial e ministrando treinamento. lrconsultora@ibest.com.br 

Comments

comments

0 Comentários desativados em Empreendedorismo e Beleza 4601 12 abril, 2016 Coaching e Carreira, Lourdes Reis abril 12, 2016
Lourdes Reis

About the author

Lourdes Reis é graduada em Administração de Empresas, atua há 14 anos na área de Gestão de Salões, prestando Consultoria Empresarial e ministrando treinamento. lrconsultora@ibest.com.br www.asmkt.blogspot.com

View all articles by Lourdes Reis

Pesquisar

Parceiros

Cursos

Facebook